domingo, 9 de março de 2008

E quando a cabeça diz-nos...CHEGA...

Estou numa fase em que me sinto ir abaixo...
Depois de ter atravessado problemas de trabalho, de saúde, familiares...
Depois de ter tido sempre a postura de que nada me derruba... que tudo e todos podem contar comigo...
É a vez da minha cabeça dizer...CHEGA...
Chega de pôr a capa de Super-Mulher! Chega de tentar ser algo que não sou...
Tento sempre contar até 10 para não magoar as pessoas, pois ou sofrem de depressão, ou são nervosas, ou são mais velhas, ou não é altura para começar a discutir, ou..., ou..., ou...
Mas comigo, as pessoas dizem, magoam, falam, sem simplesmente contarem até 1...para elas a Sil não se magoa, passa-lhe ao lado...

Mas a Sil não é assim, e como num post anterior eu já referi...Amar é sentir na felicidade do outro a própria felicidade...
E neste momento EXIJO, pelo menos daqueles que me amam que tentem sentir a minha felicidade e que a respeitem...
E neste momento EXIJO, pelo menos daqueles que me amam que se não gostam de algo em mim, que conversem...
E neste momento EXIJO, pelo menos daqueles que me amam que me vejam sem capa...

Chega de falarem comigo, sem pensarem se me magoam ou não...
Chega de me tratarem como se eu fosse de pedra...
Pois neste momento só me apetece, nem sequer contar até 1...
Pois neste momento só me apetece, não pensar se estou a magoar alguém, para verem como me sinto por vezes...

Eu sei que isto tudo é um momento...mas apetece-me tirar a mascara...
Quem gosta de mim, vai continuar a gostar...quem não gosta...como diz o meu filhote...PAXIÊNXIA!!!

3 comentários:

María, Peste&Borboleta disse...

Deita tudo cá para fora, amiga, deita !

Ninguém é feito de pedra, também tenho a mania que sou forte, mas não sou...

Tira a capa, mostra-te como és e pede carinho a quem te ama :)

Bjnhos grandes

GE disse...

Estou a ver que está complicado... mas ninguem é de ferro, por isso deves dizer o que sentes, vai em frente e primeiro que tudo pensa sempre em ti, tu és a pessoa mais importante para ti própria, não esqueças!!

Bjinhos e força!

Se precisares de desabafar, eu tou cá...manda um mail...

Rute disse...

Ao ler este teu post só me apeteceu bater palmas!

Passei por essa "fase" à pouco tempo e garanto que é muito "libertadora"!

Temos de nos fazer ouvir!